Rompimento de barragem alaga casas em Monte Senir

Chuvas começaram a cair de madrugada em Barra de São Francisco e continuam agora pela manhã

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um Alerta de Perigo para 71 municípios do Espírito Santo, inclusive Barra de São Francisco e entorno, nesta quinta-feira, 8, por conta da forte chuva. O aviso continua ainda válido até o fim de semana e só não vale para cidades no extremo norte do estado, em proximidade com a Bahia.

Entre os riscos apontados pelo instituto para esses municípios estão alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios. Em Barra de São Francisco, o coordenador da Defesa Civil, Renato Pinto Rosa disse que o órgão está atento e que, em caso de risco de desabamento, queda de árvores ou outras situações de risco, a pessoa deve ligar para o número 3756-2381 ou para o Corpo de Bombeiros (193) e relatar o problema.

Agora há pouco a Defesa Civil informou que houve o rompimento de uma pequena barragem no distrito de Monte Senir. “Hoje pela manhã realizaremos algumas vistorias incluindo em um pequena barragem que se rompeu no distrito de Monte Senir. A inundacão atingiu algumas casas mas sem desalojados nem desabrigados. São as informações que temos ate momento”, informou o coordenador da Defesa Civil.

A previsão para todo o Espírito Santo, segundo o Inmet, é de que a chuva continue pelo menos até a próxima segunda-feira, 12.

Na Grande Vitória, o sol deve começar a aparecer no domingo, 11, mas ainda assim os dias seguintes serão chuvosos. As temperaturas pelos próximos cinco dias devem ficar entre 26ºC e 18ºC.

As temperaturas caem ainda mais na região Serrana do Estado e também no Caparaó capixaba. Em Venda Nova do Imigrante, por exemplo, nesta sexta-feira, 9 e sábado, 10, não vai passar de 19ºC. A chuva também continua.

Nos municípios do Sul do Espírito Santo, a chuva deve dar uma trégua no fim de semana, apesar de o tempo continuar nublado, mas retorna na segunda-feira, 12. A mesma situação nas regiões norte e noroeste do Estado.

Em Vila Velha o final da tarde de ontem foi caótico para os moradores e trabalhadores

Grande Vitória – A chuva provocou um caos na Grande Vitória, nesta quinta-feira, 8 e também agora pela manhã. Em Vila Velha, o terminal ficou ilhado, lotado e sem ônibus. Horas presos no trânsito e com a falta de coletivos, passageiros atravessaram a Terceira Ponte a pé. Em Cariacica, uma pedra rolou e destruiu parte de um depósito, deixando duas pessoas feridas. Mas foi Viana que registrou o maior volume de chuva no Estado: Até as 18h, foram 87.8 mm.

Do outro lado, no sentido Vitória – Vila Velha, o trânsito estava bastante congestionado. O bancário André Camargo e a colega Michele da Silva Ocleys dos Santos contaram que estavam há horas dentro de um ônibus e resolveram descer para tentarem ir a pé, mas acabaram desistindo por causa do perigo. (Weber Andrade com Inmet e G1)