GIRO NO ESPORTE l Com foco na Liga das Nações, Brasil bate China em amistoso

Equipe asiática dificulta jogo da Seleção, mas não consegue arrancar vitória em São Paulo. Próximo jogo será realizado na quinta-feira, no Ginásio Abaeté, em Taubaté.

Com foco na disputa da Liga das Nações e no primeiro jogo da temporada, a Seleção Brasileira de Vôlei masculino venceu a China por 3 sets a 1, com as parciais de 25-18, 20-25, 25-20 e 25-21, nesta terça-feira, no Ginásio Abaeté, em Taubaté, São Paulo, em amistoso. A equipe asiática dificultou o jogo do time comandado por Renan Dal Zotto, que ainda busca ritmo. O destaque do time brasileiro foi para Isac, que saiu do banco e permaneceu na quadra.

O Brasil não demorou muito para tomar a frente no placar e comandar as ações do jogo. Com pontos de ataque, erros dos chineses e exploração de bloqueio. Entretanto, os asiáticos encostaram por falhas da Seleção, e com isso o técnico Renan Dal Zotto foi obrigado a pedir tempo para acertar os detalhes. A partir disso, a equipe retomou a liderar o placar e fechar o primeiro set.

No segundo set, a equipe chinesa imprimiu a reação e começou a frente placar. A Seleção Brasileira conseguiu mostrar reação, mas não ânimo para virar o jogo. Ao final, deu China. No terceiro set, o jogo começou equilibrado, com os times alternando no placar. Entretanto, da metade para o fim o Brasil melhorou, assumiu liderança e fechou com vitória.

No quarto set, a Seleção Brasileira iniciou com crédito na passagem. Abriu cinco pontos de vantagem sobre os chineses, que não demoraram muito para encostar no placar. Após parada técnica implementada pelo técnico brasileiro, a equipe anfitriã voltou a ficar a frente, porém continuou cometer erros, que dificultaram o fechamento da partida.

O segundo amistoso contra a China será nesta quinta-feira, 17, às 19h, novamente no ginásio do Abaeté. Os ingressos para os dois compromissos estão esgotados. Os amistosos servem de preparação para a Liga das Nações, primeiro torneio a ser disputado pela Seleção na temporada 2018.

COMPARTILHAR