Executivo gasta R$ 10 mi a menos do que em 2016 com pessoal

Secretário de Administração, Paulinho da Ótica elogia a seriedade fiscal do prefeito Alencar Marim

A prefeitura de Barra de São Francisco deverá gastar cerca de R$ 10 milhões a menos com folha de pagamento este ano do que em 2016, último da gestão de Luciano Pereira. De acordo com os dados do site CidadES, do Tribunal de Contas do Estado (TCE/ES), o município gastou, até outubro deste ano, R$ 52.349.631,36 (52,17%) com o pagamento de servidores, enquanto que, em 2016, a folha atingiu o pico de R$ 66.459.797,17 (66,49%)

Como faltam apenas dois meses, ou duas folhas – uma delas, a de outubro será paga nesta quinta-feira, 7 – o total de gastos com pagamento do funcionalismo não deverá atingir R$ 56 milhões, restando, portanto, uma diferença de mais de R$ 10 milhões.

“Depois de quase dois anos meio trabalhando para colocar a folha de pagamento dentro dos parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o município tem conseguido planejar melhor o pagamento dos servidores, evitando atrasos. Hoje a folha está custando 52,17% do orçamento total do município, portanto, dentro do limite prudencial. Em 2016 esse percentual ficou em 66,49%, ou seja, reduzimos a despesa com pessoal em mais de 14%”, observa o secretário municipal de Administração, Paulinho da Ótica.

Para promover a adequação da folha de pagamento aos parâmetros exigidos pela LRF, o prefeito Alencar Marim promoveu o enxugamento da folha, que chegou ao pico de 1.658 funcionários em dezembro de 2015, na gestão de Luciano Pereira. Em dezembro de 2016 o prefeito Alencar Marim recebeu a prefeitura com 1.478 funcionários. Atualmente o município tem cerca de 1.100 servidores entre contratados e efetivos (Weber Andrade)

Evolução dos gastos com pessoal
Ano      Valor da Folha         Percentual
2009.....R$ 49.327.468,29.......58,42
2010.....R$ 42.819.408,07.......49,34
2011.....R$ 54.586.609,77.......53,82
2012.....R$ 57.384.700,52.......58,28
2013.....R$ 54.743.614,85.......52,05
2014.....R$ 61.029.619,42.......54,88
2015.....R$ 65.385.946,83.......57,33
2016.....R$ 66.459.797,17.......66,49
2017.....R$ 54.666.564,71.......55,47
2018.....R$ 52.349.631,36.......52,17*
* Até 6 de novembro de 2018
Fonte: Site CidadES TCE/ES