Estão abertas as inscrições para o Programa Jovens Embaixadores 2018

Os estudantes das escolas da rede pública, que tenham interesse em participar de um intercâmbio nos Estados Unidos para aprimorar o Inglês, já podem se inscrever para o Programa Jovens Embaixadores 2018. O programa permite aos participantes aprimorar as suas habilidades em liderança, conhecer uma nova cultura, interagir com jovens americanos e buscar oportunidades de crescimento pessoal e profissional.

Para participar, é preciso ter de 15 a 18 anos até 31 de janeiro de 2018, cursar o ensino médio na rede pública, ter excelente desempenho escolar, bom nível de domínio do inglês, nunca ter viajado para os Estados Unidos, ter uma boa relação com sua escola e comunidade, além de realizar algum trabalho voluntário há, pelo menos, um ano. Também serão avaliadas características pessoais dos candidatos, como capacidade de comunicação, liderança e proatividade.

As inscrições podem ser feitas até o dia 09 de agosto. Os estudantes que se encaixarem nos critérios especificados devem preencher uma ficha de inscrição on-line, que está disponível no Facebook do programa https://www.facebook.com/JovensEmbaixadores. Imediatamente após o preenchimento, os alunos receberão uma reposta automática dizendo se atendem aos pré-requisitos básicos e se serão aprovados para a segunda etapa.

As fases seguintes do processo de seleção envolvem envio de documentos, prova escrita e oral e, no caso dos semifinalistas, uma visita de profissionais que trabalham na Embaixada às casas dos estudantes. A lista com os nomes dos aprovados será divulgada no dia 31 de outubro. A viagem aos Estados Unidos está programada para janeiro de 2018.

Programa Jovens Embaixadores:

O programa é destinado aos jovens de 15 a 18 anos que cursam o ensino médio na rede pública e que são exemplos em suas comunidades, por meio de sua liderança, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa. O programa é financiado pelo governo dos Estados Unidos e conta com o apoio de parceiros dos setores público e privado.

Ele foi criado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e o primeiro grupo viajou em 2003. A partir de 2012, o programa passou a ser reproduzido em todos os países do continente americano. Desde 2003, 467 jovens brasileiros já participaram do programa. Os parceiros nessa iniciativa são: o Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED) e as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, e também, as empresas FedEx, MSD, Microsoft, Bradesco, IBM e a Boeing Brasil.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação / SEDU
Vivian Camargo / Flávia Zambrone
Texto: Emanoele Rocha

COMPARTILHAR