Está Preparado para sua Morte? ”O SEU DIA ESTÁ CHEGANDO!” Quando que um velório é mais importante do uma grande festa?

Por Delcy Nunes

Morte! palavra no singular que expressa uma infinidade de incógnitas que permeia todo ser. Vida! certeza da realidade concreta atual e iminente. O antagonismo é a compreensão de que vida e morte caminham juntas. É preciso morrer para viver e é preciso viver para que se possa morrer.

Jesus disse que é preciso nascer de novo para entrar no Reino de Deus. O pecado mata, mas Jesus ressuscita. Todos nós estávamos mortos em nossos pecados mas quando aceitamos Jesus como salvador recebemos vida nova!

Havia um fariseu chamado Nicodemos, uma autoridade entre os judeus. Ele veio a Jesus, à noite, e disse: “Mestre, sabemos que ensinas da parte de Deus, pois ninguém pode realizar os sinais milagrosos que estás fazendo, se Deus não estiver com ele”. Em resposta, Jesus declarou: “Digo a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”. Perguntou Nicodemos: “Como alguém pode nascer, sendo velho? É claro que não pode entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe e renascer!” Respondeu Jesus: “Digo a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus se não nascer da água e do Espírito.O que nasce da carne é carne, mas o que nasce do Espírito é espírito. Não se surpreenda pelo fato de eu ter dito: É necessário que vocês nasçam de novo. JOÃO 3:1 a 7 

veja o vídeo abaixo e faça uma reflexão sobre a volta do Senhor Jesus Cristo.

Nascer de novo é ter uma nova vida, livre da condenação do pecado. Agora vivemos para Deus. Nossa vida vem de Jesus. Quem nasce de novo procura agradar a Deus e cresce espiritualmente.

Você já fez a experiência de morar próximo ao cemitério? Acompanhar praticamente todas as semanas e, às vezes, em dias seguidos a morte alguém na cidade? Ver o cortejo fúnebre passando, o choro e a dor dos que ficam? É uma realidade desafiadora! Não acredito que possamos ficar indiferentes quando a morte chega. Mesmo que não saibamos quem faleceu, ao saber do ocorrido pensamos na nossa própria vida e no que é a morte.

Se tivesse a escolha entre participar de uma festa de aniversário, que comemora a vida, ou passar horas num velório lamentando a morte, qual você escolheria?

O velório e o cemitério estão entre os lugares mais tristes na experiência humana. É normal não querer nos despedir de pessoas queridas e importantes em nossas vidas. Apesar da dificuldade que enfrentamos e da tristeza que sentimos, há benefícios em estar presentes nas ocasiões em que a morte se torna o assunto principal.

Amigo só posso lhe dizer que há uma luz no fundo deste túnel, que é a Palavra de Deus ( Bíblia Sagrada)

O autor de Eclesiastes procurou sentido na vida, e encontrou uma das lições mais importantes na morte. Ele fez um contraste que nos chama a refletir sobre a diferença entre os locais que representam a tristeza e os que oferecem a alegria: “Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete, pois naquela se vê o fim de todos os homens; e os vivos que o tomem em consideração” (Eclesiastes 7:2).

O cemitério revela o fim do velório, um tempo que tivemos para reflexão; Ai fazemos a pergunta: Para onde eu iria agora se fosse eu que estivesse ali?

É neste momento que o velório se torna mais importante na sua vida do que uma grande festa. Na festa você só sente euforia, adrenalina e maior prazer físico e sentimental, parece esta no melhor lugar do mundo aproveitando minuto a minutos de felicidade e prazer. No velório você faz perguntas e asiste o fim da vida aqui no mundo, ai vem a reflexão: ”o que acontece depois que morremos.”

A morte significa o fim da jornada desta vida aqui no mundo e o recomeço em outra vida não desconhecida para quem conhece a verdade, sabe das revelações no livro da vida a bíblia sagrada. ”Jesus Cristo que morreu na cruz para nos salvar disse:“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna” João 6:47”

Desde a antiguidade, muitos homens se questionam da vida após a morte, perguntas como: “o que será depois que eu morrer?”, “será que realmente existe vida após a morte?”, “como devo conseguir esta vida?”, “que obras devo fazer para alcançar a vida eterna?”; continuam existindo ao longo da existência do homem.

A partir dessa angústia causada pela dúvida, pelo medo, muitos chegam acreditar que a vida eterna deve ser alcançada através de boas obras, de ajudar ao próximo, fazer caridades, doações, e servir ao outro com bom coração. É verdade que ajudar ao outro faz muito bem a nós mesmos, nos faz sentir melhores, mas perante Deus continuamos pecadores.

O evangelho é a boa notícia que Deus está restaurando nossas vidas quebradas, através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. O temor a Deus e a sua justiça, reconhecendo que Ele deu seu único filho para ser morto pela humanidade, nos coloca no caminho da salvação.

VEJA O QUE DIZ A BÍBLIA!

Romanos 10:1-13

Irmãos, a boa vontade do meu coração e a minha súplica a Deus por eles é que sejam salvos.
Pois lhes dou testemunho de que têm zelo de Deus, porém não segundo o conhecimento; ignorando a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram à justiça de Deus. Pois Cristo é o fim da lei para justificar a todo aquele que crê.
Moisés escreveu que o homem que pratica a justiça que vem da Lei, viverá por ela.
Mas a justiça que vem da fé, diz assim: Não digas no teu coração: Quem subirá ao céu (isto é, para trazer do alto a Cristo)?
ou: Quem descerá ao abismo (isto é, para fazer subir a Cristo dentre os mortos)?
Mas que diz? A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração; isto é, a palavra da fé, que pregamos.
Se confessares com a tua boca a Jesus como Senhor, e creres no teu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo;
porque com o coração se crê para a justiça, e com a boca se confessa para a salvação.
Pois a Escritura diz: Todo o que nele crê, não será envergonhado.
Não há distinção entre judeu e grego; pois o mesmo Senhor o é de todos, rico para com todos que o invocam;
porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor, será salvo.
Romanos 10:1-13

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Portanto, Deus enviou o seu Filho ao mundo não para condenar o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por meio dele. Quem nele crê não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no Nome do Filho unigênito de Deus. E o julgamento é este: que a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, temendo que as suas obras sejam expostas.Mas quem pratica a verdade vem para a luz, para que se veja claramente que as suas obras são realizadas em Deus.”  JOÃO 3:16 a 21

Delcy Nunes

IGREJA BATISTA NO BAIRRO CAMPO NOVO

(PRÓXIMO AO CLUBE BANESTES)

CULTOS: Quinta Feiras as 19:30hs

Domingos: 9:00hs e as 19:30hs

Venha ouvir a palavra de Deus e louvar o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.