Conhecido como ‘Satanás’, suspeito de matar oficial da PM é preso na divisa do ES com o Rio

A polícia ainda informou que ele é apontado como traficante no estado carioca.

Um foragido da Justiça, conhecido como “Satanás”, foi preso na divisa do Espírito Santo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Wellington Santos Vieira estava em um táxi de Vitória junto com uma mulher e o motorista. Eles vinham do Rio de Janeiro quando foram abordados no km 461 da BR 101, em Mimoso do Sul, na noite da última sexta-feira (2).

Segundo a PRF, ele não estava com documentos e forneceu vários nomes falsos. Todos os três ocupantes do táxi foram levados para a Delegacia de Cachoeiro de Itapemirim, onde o nome verdadeiro dele foi identificado.

Segundo a polícia, ele é foragido do sistema prisional de Sergipe, acusado do homicídio de um oficial da Polícia Militar. O crime ocorreu em novembro de 2016, em Aracajú. Ele ainda estaria atuando no tráfico de drogas do Rio de Janeiro.

A ocorrência faz parte da Operação Égide, que acontece nas rodovias federais que fazem divisa com o Espírito Santo, com o intuito de proteger a população capixaba da fuga de criminosos do Rio para o Espírito Santo.

De acordo com a Polícia Civil, Wellington possuía mandados de prisão pelos crimes de roubo e homicídio e foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro.

COMPARTILHAR