Arquivo por ‘Policial’ Categoria

Page 77 of 123« First...102030...7576777879...90100110...Last »

Uma dona de casa foi espancada pelo marido, na madrugada de domingo (20), no bairro Monte Líbano, em João Neiva, e está em estado grave no hospital. O filho da vítima, um menino de 8 anos, foi quem encontrou a mãe desmaiada e ferida no quarto do casal e pediu socorro. A polícia suspeita que o agressor tenha usado uma tábua de cortar carne como arma para bater na mulher. O nome do agressor não está sendo divulgado para preservar a identidade da vítima.

Segundo informações da Polícia Militar, a dona de casa e o marido saíram de casa no sábado à noite, para ir a uma festa em outro bairro. A criança foi deixada na casa de vizinhos, onde passaria a noite. Testemunhas disseram aos militares que o casal chegou em casa e deu início a uma briga, motivada por uma suspeita de traição.

Logo depois, o silêncio tomou conta da residência. Por volta das 11 horas deste domingo, porém, os vizinhos que tomavam conta do filho da dona de casa pediram ao garoto para ir em casa trocar de roupa, pois iam sair para passear.  Ao entrar em casa, o garoto encontrou a mãe desmaiada no chão do quarto do casal e sangue espalhado por todo o cômodo.

A vítima foi socorrida para o Hospital e Maternidade Sagrado Coração de Maria, no Centro de João Neiva, mas precisou ser levada para o Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra, devido à gravidade dos ferimentos.

Polícia acredita que homem usou tábua de carne para bater na mulher

A Polícia Militar foi informada pelos médicos que atenderam a mulher no hospital que os machucados eram todos na cabeça e em um dos olhos da dona de casa. A suspeita é de que o marido tenha batido com um objeto de madeira pesado na mulher, o que faz a polícia acreditar que ele tenha utilizado uma tábua de carne encontrada na cena do crime.

Familiares da vítima divulgaram em redes sociais fotos do quarto onde aconteceu a agressão e disseram estar indignados com a brutalidade. Os militares realizaram buscas pela região e por possíveis locais onde o suspeito do crime pudesse estar, mas ele não foi localizado até a noite deste domingo

O caso foi registrado e será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de João Neiva.

 

Fonte:Gazeta on line

O delegado dr Marcelo Cruz da delegacia Patrimonial da cidade de São Mateus,plantonista em Barra de São Francisco neste sábado(19 de outubro de 2013) conversou com vozdabarra sobre o bárbaro crime ocorrido em São Mateus,onde o pai matou a filha de 10 anos de idade para não pagar pensão alimentícia.

O delegado nos informou que Gilberto Carlos de Sá Freire de 34 anos de idade sequestrou a criança no momento que ela estava indo ao supermercado,comprou um “juninho” de cachaça e fez a criança beber dizendo que era remédio em seguida levou a criança para um canavial na BR 101 em São Mateus onde ela foi asfixiada e o pai ainda desferiu 03 golpes com uma pá na cabeça da criança e em seguida a enterrou.

Quando os investigadores chegaram na residência do criminoso ele não falava nada e respondia tudo escrevendo em papel(Pagando de doido)na tentativa de ludibriar os investigadores,porém um dos investigadores ao dar uma volta do lado de fora encontrou a ferramenta(Pá)usada no crime e também uma enxada.

Não tendo mais como continuar negando os fatos,o criminoso disse que não foi ele que havia feito aquilo e sim o “diabo” e contou detalhadamente como tudo ocorreu e levou a polícia onde estava o corpo da criança.

O delegado dr Marcelo Cruz representou pela prisão de Gilberto o que foi determinada pelo judiciário e o pai que teve a capacidade de tirar a vida da própria filha de apenas 10 anos já está atrás das grades à disposição das autoridades competentes e terá muitos anos para arrepender da barbaridade que cometeu e retirar o diabo que está em seu couro.

Veja como tudo ocorreu nos mínimos detalhes:

Um homem suspeito de matar a própria filha estrangulada foi preso nesta quarta-feira (16), em São Mateus, no Norte do Espírito Santo.

Gilberto Ferreira, de 34 anos, é o principal suspeito de ter matado a filha Amanda Santos Ferreira, de 10 anos. A menina estava sumida desde o último dia 04 de outubro, quando teria sido estrangulada e ainda recebido diversos golpes com uma pá. O pai enterrou a menina em uma cova rasa em um canavial da região.

Em entrevista ao Programa ES no AR da TV Vitória/Record nesta quinta-feira (17), o delegado Marcelo Cruz, responsável pelo caso, deu detalhes da investigação e disse que o motivo do crime teria sido porque Gilberto não queria pagar a pensão alimentícia de Amanda. 

Após 12 dias de investigações, a polícia conseguiu comprovar que Gilberto é o responsável pela morte da própria filha. “Nós estávamos investigando desde o dia 04. Ele era o principal suspeito porque estava bem confuso e não dizia nada com nada. De uma hora para outra, ele começou a surtar. Nós mandamos dois investigadores até a casa dele na terça-feira (15). Ele só escrevia e começou a falar coisas sem nexo. Nós ficamos intrigados e, na quarta-feira, ele confessou para os investigadores. Então pedimos a prisão temporária dele”, contou o delegado.

Gilberto disse à polícia que não tinha se entregado antes por medo de sofrer alguma retaliação ou até mesmo uma tentativa de homicídio.

De acordo com o delegado, o pai afirma estar arrependido, mas o crime já tinha sido planejado. “Ele está arrependido, mas premeditou o crime. Ao buscar a menina, ele já tinha uma pá dentro do carro. Ele queria matar a menina por causa da pensão”, disse o delegado.

O suspeito foi indiciado e levado para o CDP de São Mateus. Em breve, ele deve ser encaminhado para o presídio de Viana.

Ao realizar abordagens de veículos próximo do Posto Miragem,na entrada da estrada que acesso ao Vargem Alegre na manhã de sexta-feira(18 de outubro de 2013)os militares do Grupo de Apoio Operacional observaram 03 pessoas com atitudes suspeitas em um veículo Fiat Uno de cor Branca,inclusive um dos ocupantes já teve passagem pela polícia e ao fazer a abordagem e revista no interior do veículo,os militares localizaram um revólver calibre 38 municiado.

Os ocupantes do veículo foram conduzidos para a delegacia de polícia,juntamente com a arma que foi apreendida e ficaram á disposição do delegado de polícia para as providências cabíveis.

O delegado  dr Rodrigo da Silveira,revogou a fiança de dois mil reais, arbitrada pelo delegado dr João Seidel(Delegado de Colatina plantonista em Barra de São Francisco)a Robervon Barbosa da Silva que foi flagrado tentando  arrombar a casa Lotérica de Ecoporanga na madrugada de quinta-feira(17 de outubro de 2013).

O delegado plantonista dr João Seidel,após ouvir o acusado,testemunhas e narrativa da ocorrência militar,havia arbitrado a fiança baseado em tentativa de furto qualificado com rompimento de obstáculo(Artigo 155§4º inciso 1º)que corresponde a pena máxima até 04 anos,onde o delegado pode arbitrar a fiança.

O delegado de Barra de São Francisco dr Rodrigo informou para o vozdabarra que a revogação da fiança se deu pelo fato de que apurou que há elementos que indicam que Robervon também teve participação no furto ocorrido no dia 30 de agosto de 2013 no município de Água Doce do Norte,bem como indícios de participação no crime de furto ocorrido na casa lotérica Chave de Ouro na cidade de Mantena Minas Gerais no dia 09 de outubro de 2013.

O delegado de polícia dr João Seidel que estava de plantão no dia 17 de outubro de 2013 na realidade fes a coisa certa agindo conforme manda a lei,porém o delegado dr Rodrigo que está titular na delegacia de Barra de São Francisco,conhecedor de toda a situação notou os fortes indícios da ação criminosa do acusado em outros furtos seguidos de arrombamentos na região e que provavelmente o homem preso é apenas um de uma possível quadrilha que está sendo investigada pela polícia civil de Barra de São Francisco.

Com a revogação da fiança do acusado,o proprietário da Casa Lotérica Milionária da cidade de Ecoporanga ficou muito satisfeito,pois o mesmo já temia por sua vida e vida de seus familiares,caso o homem flagrado arrombando seu comércio fosse tão rápido colocado em liberdade.

 

***Relembre como tudo aconteceu…

 

O proprietário da Casa Lotérica de Ecoporanga acionou a polícia para informar que por volta de 01 hora da manhã desta quinta-feira(17 de outubro de 2013)um homem estava tentando arrombar a parede de sua casa lotérica situada no centro da cidade.

Segundo informações do proprietário que é Flamenguista,assim que terminou o jogo que ocorreu ontem a noite pela televisão ficou até um pouco mais tarde acordado e em um certo momento foi ao banheiro e escutou um barulho suspeito e ao verificar notou que um homem desconhecido já havia arrombado o comércio que fica ao lado do seu(Parede e meia) e estava direcionando ao cofre do seu estabelecimento comercial,conseguindo para isso já fazer um buraco na parede.

O serviço de Radiopatrulha 2598 composta pelos militares Sargento Roberto Cabo Demétrio e Cabo Xavier compareceram até o local e detiveram o acusado que ao avistar os militares gritou que estava desarmado,levantou as mãos e que havia perdido.

Em entrevista para o vozdabarra,o acusado Rubervon Barbosa da Silva,50 anos, disse que havia separado de sua esposa e pegou uma carona com um caminhoneiro e que na verdade estava indo para Bahia e acabou chegando em Ecoporanga.

Acontece que esta “conversa” estava muito mal explicada,pois o acusado ao invés de carregar uma bolsa de roupas estava com uma bolsa contendo as seguintes ferramentas:Um pé de cabra,um rádio transmissor,10 brocas de tamanhos variados,quatro discos de maquita,uma furadeira de mão com uma broca acoplada para uso,uma base para carga de furadeira,uma chave de fenda grande,um alicate de pressão,uma talhadeira,cinco luvas,uma cueca preta e uma bolsa de napa de cor marrom.

A explicação do acusado  sobre  os produtos é de que ele é   lanterneiro e que passou o dia em Ecoporanga e viu toda a situação e a noite retornou no local para agir e que o radiotransmissor era para entrar na frequência e acompanhar os passos da polícia e que agiu sozinho sem a ajuda de ninguém.

Os militares acreditam que o acusado não estava sozinho e que ele pode ser da mesma quadrilha que assaltou a casa lotérica de Barra de São Francisco há tempos atrás e o delegado de polícia plantonista dr João Seidel de Colatina arbitrou fiança de 2 mil reais por se tratar de tentativa de furto,crime que o delegado pode arbitrar fiança.

 

O deputado Major Olímpio, líder do PDT na Assembleia Legislativa de São Paulo, afirmou em pronunciamento no plenário da Casa que o Capitão Antônio Bernardo foi punido pelo Governo do Estado de São Paulo por ter evitado um assalto atirando em um bandido durante o ato criminoso no último sábado, 12, em São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo. O deputado disse que o Capitão já se encontra recolhido de “castigo” e ficará seis meses afastado.

“Ele está recolhido na administração do Batalhão da Polícia Militar para ir para o Programa de Reabilitação. É uma geladeira, um castigo. Quero dizer ao Capitão Bernardo que ele tomou a atitude para o qual foi treinado. Não exorbitou no uso da força, mas o Governo que diz que aprova a polícia já o recolheu e já o colocou na geladeira. Ele vai ficar seis meses fora da atividade policial”, disse o Major Olímpio.

A ação foi gravada por uma câmera no capacete da vítima. No cruzamento das Avenidas Doutor Assis Ribeiro e Gabriela Mistral, as imagens mostram o assaltante, identificado como Leonardo Escarante Santos, 18, descer da garupa de uma Twister vermelha e apontar a arma para a vítima. O motociclista entrega o veículo e o alarme.

assalto2

Quando Santos sobe na moto, o policial sai de um carro preto ao lado, aponta arma para o criminoso e dá voz de prisão, ao reagir colocando a mão na arma que estava na cintura, o bandido é alvejado com dois tiros. Enquanto o rapaz está caído, a vítima agradece ao policial. “Obrigado, obrigado. Vai roubar agora no inferno.” O rapaz baleado foi encaminhado ao Pronto-Socorro do Hospital Municipal do Tatuapé. Lá, passou por cirurgia e ficou internado sob escolta.

Ao realizar patrulhamento de rotina no Nossa Senhora da Penha em Barra de São Francisco após receber uma denúncia anônima de que um adolescente de 17 anos estaria comercializando produtos entorpecentes, o Grupo de Apoio Operacional deparou com atitude suspeita do acusado M, após uma pessoa desconhecida de moto parar próximo ao adolescente que pegou algum objeto em cima do telhado do galinheiro,o cidadão de moto ao avistar a viatura policial se evadiu do local tomando rumo ignorado e o adolescente foi abordado e os militares localizaram uma sacola com 192 papelotes de cocaína,uma bucha de maconha,61 pedras de crack,uma pedra de crack pesando 22 gramas e 655 reais em dinheiro.

O adolescente foi conduzido para a delegacia de polícia onde ficou à disposição do delegado de polícia dr Rodrigo da Silveira para as providências cabíveis.

 

 

 

 

O proprietário da Casa Lotérica de Ecoporanga acionou a polícia para informar que por volta de 01 hora da manhã desta quinta-feira(17 de outubro de 2013)um homem estava tentando arrombar a parede de sua casa lotérica situada no centro da cidade.

Segundo informações do proprietário que é Flamenguista,assim que terminou o jogo que ocorreu ontem a noite pela televisão ficou até um pouco mais tarde acordado e em um certo momento foi ao banheiro e escutou um barulho suspeito e ao verificar notou que um homem desconhecido já havia arrombado o comércio que fica ao lado do seu(Parede e meia) e estava direcionando ao cofre do seu estabelecimento comercial,conseguindo para isso já fazer um buraco na parede.

O serviço de Radiopatrulha 2598 composta pelos militares Sargento Roberto Cabo Demétrio e Cabo Xavier compareceram até o local e detiveram o acusado que ao avistar os militares gritou que estava desarmado,levantou as mãos e que havia perdido.

Em entrevista para o vozdabarra,o acusado Rubervon Barbosa da Silva,50 anos, disse que havia separado de sua esposa e pegou uma carona com um caminhoneiro e que na verdade estava indo para Bahia e acabou chegando em Ecoporanga.

Acontece que esta “conversa” estava muito mal explicada,pois o acusado ao invés de carregar uma bolsa de roupas estava com uma bolsa contendo as seguintes ferramentas:Um pé de cabra,um rádio transmissor,10 brocas de tamanhos variados,quatro discos de maquita,uma furadeira de mão com uma broca acoplada para uso,uma base para carga de furadeira,uma chave de fenda grande,um alicate de pressão,uma talhadeira,cinco luvas,uma cueca preta e uma bolsa de napa de cor marrom.

A explicação do acusado  sobre  os produtos é de que ele é   lanterneiro e que passou o dia em Ecoporanga e viu toda a situação e a noite retornou no local para agir e que o radiotransmissor era para entrar na frequência e acompanhar os passos da polícia e que agiu sozinho sem a ajuda de ninguém.

Os militares acreditam que o acusado não estava sozinho e que ele pode ser da mesma quadrilha que assaltou a casa lotérica de Barra de São Francisco há tempos atrás e o delegado de polícia plantonista dr João Seidel de Colatina arbitrou fiança de 2 mil reais por se tratar de tentativa de furto,crime que o delegado pode arbitrar fiança.

 

Uma mulher de 40 anos de idade,moradora de Ecoporanga,foi flagrada na noite de quarta-feira(16 de outubro de 2013)trocando uma galinha caipira por uma pedra de crack(no valor de 10 reais).

Vozdabarra conversou com Vani Rodrigues de Souza que nos disse que realmente trocou a galinha pela pedra de crack,pois é viciada,já tentou parar e não consegue e que tem uma filha de 09 anos e uma de 14 e ao ser questionada sobre tirar o alimento de dentro de casa para manter o vício ela nos disse que é dificil e sabe que está errada e que um dia Deus vai livrar ela desta situação,pois as outras drogas é mais fácil ficar livre,porém o crack quanto mais a gente usa mais a gente quer e faz de tudo por uma pedrinha e que só depois que a gente faz algo errado é que a gente observa o que fez.

“Quero mudar de vida,mas tá difícil para mim,melhor seria se eu morresse,eles falam de clínica,mas clínica não conserta ninguém,conheço pessoas que ficaram internadas e saíram de lá pior do que entraram,um dia Deus vai me tirar desta,depende de mais boa vontade da minha parte,mas quando vejo já estou afundada nas drogas,eu não quero isso para ninguém”,finalizou Vani.

 

Um total de 10 pessoas entre elas dois adolescentes de 16 e 14 anos foram conduzidas para a delegacia de polícia de Barra de São Francisco envolvidas no tráfico de entorpecentes na cidade de Ecoporanga.

A Operação denominada Gênesis 49:18,composta por militares do GAO(Cabo Fabiano,Cabo Fábio,Soldado Éder,Soldado Curty e Soldado Noeme e supervisionada pelos sargentos Saar e Elson,resultou na apreensão de uma pedra de crack de aproximadamente 25 gramas,181 buchas de maconha,266 pedras de crack,02 papelotes de cocaína,203 reais em dinheiro e 03 pacotes de sacolinhas de chup-chup,além de uma variedade de aparelhos.

Com muita competência e ocupando os pontos estratégicos no bairro Vila Nova em Ecoporanga,os militares conseguiram prender um dos acusados de abastecer o bairro e comandar o tráfico de entorpecentes na região.

Manoel Messias Dias Ribeiro é ex presidiário e tem várias passagens pela polícia e moradores da localidade ficaram satisfeitos com a prisão do acusado e das demais pessoas e os militares fizeram um excelente serviço honrando assim todos os militares do 11º Batalhão merecendo elogios por parte da mídia e com certeza receberá elogios por parte do comando do Batalhão devido a competência desde o início até o final da Operação,conseguindo tirar do meio da sociedade uma quantidade de drogas que poderiam ser usadas até por adolescentes.

Parabéns a todos os militares que trabalharam nesta Operação.

O Grupo de Apoio Operacional prendeu na noite de quarta-feira(16 de outubro de 2013)Manoel Messias Dias Ribeiro,38 anos,conhecido por “Nêgo Messias”,que segundo informações comandava o tráfico de entorpecentes no bairro Vila Nova na cidade de Ecoporanga.

A prisão só foi possível devido o Grupo de Apoio Operacional receber várias denúncias de que no bairro Vila Nova estaria ocorrendo um grande movimento de tráfico de drogas,e que o chefe na região seria Manoel Messias,conhecido por “Nêgo Messias”.O GAO juntamente com integrantes do serviço reservado do 11º Batalhão,montou uma Operação denominada “Gênesis 49:18 – Ò senhor,eu espero a tua libertação”,com o objetivo de efetivar a prisão do denunciado,pois apesar de terem sido realizadas diversas abordagens anteriormente,com confecções de vários Bops,ainda não tinham tido obtido o êxito esperado.

Foi montado uma vigilância nas imediações da casa de Messias por volta das 19:30 e foi constatado uma grande movimentação de usuários e revendedores de drogas no local  e com as equipes posicionadas  em pontos estratégicos no bairro Vila Nova,a equipe do GAO composta pelos militares cabo Fabiano, cabo Fábio,soldado Éder,soldado Curty e soldado Noeme,supervisionados pelos sargentos Elson e Saar, depararam  com uma pessoa conhecida por  “Zé Menino” que ao avistar a viatura policial,evadiu-se rapidamente do loca,porém foi alcançado e abordado e ainda retirou da boca uma sacola e jogou ao chão,ação que foi observada pelos militares e ao pegar a sacola se tratava de dois papelotes de cocaína,confirmado por “Zé Menino”.

Em continuidade na Operação,foi abordada uma mulher Vani Rodrigues de Souza,40 anos,que já era conhecida da polícia e a mesma carregava uma galinha embrulhada em um pano e ao ser questionada sobre a procedência da ave,Vani disse que tinha ganhado de um senhor no bairro Vale Encantado e estava levando para casa de seu neto,a mulher foi liberada e foi direto na casa de Messias e trocou a ave por pedra de crack e após algum tempo ao passar próximo da viatura foi abordada já sem a galinha e demostrando que já havia fumado a pedrinha mágica.

Os militares em campana lograram êxito quando Messias e um adolescente estavam direcionando para a residência de “Zé Menino”,momento que foi dado voz de parada,porém Messias não obedeceu e começou a correr e dispensou uma sacola contendo uma pedra grande de crack,a droga foi apreendida e foi dado voz de prisão ao acusado,momento que apareceu no local uma pessoa que também foi detida.

Na Operação foram encaminhadas para a delegacia de polícia de plantão em Barra de São Francisco 10 pessoas sendo dois adolescentes P.H.S.L de 14 anos,R.O.D de 16 anos,Manoel Messias Dias Ribeiro de 38 anos,Zé Ermelito Francisco Cruz 53 anos,Maria Aparecida Saldanha Cruz 30 anos,Claudinei Oliveira Dias 20 anos,José Wilson Custódio Aguiar 18 anos,Adenilton Rodrigues Costa 30 anos,Glauciane Gomes da Cruz 38 anos e Vani Rodrigues de Souza.

Os militares ainda apreenderam um tablet,um aparelho de som,uma CPU de computador,um monitor,um teclado,um moden,um roteador,um televisor 20 polegadas,uma impressora um ventilador,um estabilizador,três carregadores de aparelhos celular,06 aparelhos  celulares,um pedaço de pedra de crack,181 buchas de maconha,266 pedras de crack,dois papelotes de cocaína,203 reais em dinheiro,03 pacotes de sacolinhas de chup chup(utilizado para embalar drogas).

Este foi um dos melhores serviços já realizados na cidade de Ecoporanga e vozdabarra conversou com uma senhora moradora do bairro Vila Nova que nos disse: “Estes policiais estão de parabéns,agora nosso bairro vai ter mais tranquilidade estou muito feliz,pois antes tinha medo de deixar meu neto sair de casa e agora sei que nosso bairro está mais tranquilo graças a estes excelentes policiais que fizeram um serviço e tanto”.

 

 

 

 

 

 

Page 77 of 123« First...102030...7576777879...90100110...Last »
   
     
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.