Arquivo por ‘Policial’ Categoria

Page 77 of 122« First...102030...7576777879...90100110...Last »

EDINEI RAIMUNDO DA SILVA

Os militares sargento Menezes e cabo Farias recuperaram a moto CG 150 Titan de cor preta,PLACA ODS 1233,que foi levada por volta das 23:30 de domingo(13 de outubro de 2013)onde ainda foi assassinado o proprietário do veículo Edinei Raimundo da Silva,30 anos.

Assim que receberam uma ligação anônima de que a moto do latrocínio ocorrido no domingo em Barra de São francisco estaria com um rapaz no Córrego da Boa Sorte(Associação)os militares foram imediatamente até o local e lograram êxito,conseguiram recuperar a moto e detiveram Julio Cesar Barbosa vulgo “Tetê” que estava com a moto e foi conduzido para a delegacia de polícia,pagou fiança e foi liberado.

Segundo informações tudo iniciou em um churrasco que ocorreu em uma residência próximo da AABB de Barra de São Francisco,onde estavam Edinei e também Welington .Acontece que Edinei havia tomado a namorada de Welington e o mesmo ficava falando o tempo todo que iria acertar as contas com Edinei,porém as pessoas que estavam no local o acalmavam.

Acontece que no final da festa Welington saiu na garupa da moto de Edinei e mais tarde Welington foi visto sozinho conduzindo a moto de Edinei.

O PRIMEIRO GOLPE PASSOU DE RASPÃO NO PESCOÇO DE NIVALDO

Uma tentativa de homicídio foi registrada no centro de Barra de São Francisco no domingo(13 de outubro de 2013)por volta das 09 horas da manhã, quando Nivaldo Rosa dos Santos estava sentado em um dos bancos da praça Senador Atílio Viváqua,momento que chegou no local Juraci D’ávila e perguntou se alguém duvidava que ele estava armado,Nivaldo então disse que ele não estava armado,pois ninguém pode andar armado.Juraci arrancou da cintura uma faca e começou a lhe dar golpes e o 1 golpe passou de raspão em seu pescoço e um segundo golpe lhe atingiu o braço direito.

Para se defender da fúria de Juraci,Nivaldo se apossou de uma pedra que estava no chão e acertou de cheio a cabeça de Juraci que desmaiou e Nivaldo foi para a casa e em seguida retornou no local e foi detido pela polícia e os dois conduzidos para a delegacia de polícia onde vão respondder por lesão leve.

APENAS ME DEFENDI O HOMEM TAVA ENDIABRADO

 

O SEGUNDO GOLPE ATINGIU O BRAÇO DE NIVALDO

 

Por volta das 05:20 de domingo(13 de outubro de 2013),a polícia militar foi acionada para comparecer no Pronto Socorro de Barra de São francisco,onde havia dado entrada o mecânico Renato José Gomes,47 anos,residente na avenida mar vermelho na Serra.

Segundo informações uma senhora conhecida por “ENI” se desentendeu com uma mulher no bar da Lúcia no bairro Irmãos Fernandes e disse que daria uma facada em Maria Aparecida de Jesus,pois ela estava conversando com um rapaz que ela estava afim,porém a turma do “deixa disso” separou e tudo voltou ao normal.

Quando Renato José Gomes estava passando em frente a padaria Mineira,ENI veio com uma faca para dar um golpe em Maria que estava em companhia de Renato e no momento que desferiu um golpe na tentativa de acertar Maria,acabou acertando Renato que foi socorrido até o Pronto Socorro.

Os militares compareceram no bairro Estrela onde chegaram avistar ENI que se evadiu do local tomando rumo ignorado.

O Boletim de Ocorrência foi confeccionado e encaminhado para a delegacia de polícia.

Por volta das 06:45 desta segunda-feira(14 de outubro de 2013)a polícia militar for acionada para comparecer no centro de Barra de São Francisco,no prédio da loja Sipolatti,onde havia uma pessoa já sem vida.

Ao chegar no local os militares comprovaram a veracidade dos fatos e se tratava de Paulo Cesar Batalha de 58 anos e Dario Lemes dos Santos,vulgo Cigano informou para a polícia que a vítima chegou no local na manhã desta segunda-feira,onde dormia há aproximadamente 06 meses e estava toda ensanguentada e com lesão na cabeça e o mesmo insistiu para que o mesmo fosse até o Pronto Socorro,porém Paulo se recusou e em seguida se deitou cobrindo com um lençol de cor vermelho.Momento depois percebeu que a vítima estava morta.

Apesar da vítima ser considerada como andarilho ele residia em uma casa na beira Rio no centro de Barra de São Francisco e também no local onde foi encontrado morto.

Próximo da residência na Beira Rio foi localizado manchas de sangue no chão e também em uma pedra.

Segundo informações,Paulo Cesar Batalha foi no Pronto Socorro na noite de domingo(13 de outubro de 2013)foi atendido e liberado e estivemos no Pronto Socorro e o nome que está no livro é o de Paulo Cesar Dias e esta investigação também está sendo acompanhada pelos policiais civis de Barra de São francisco.

O fato ocorrido  está sendo investigado pelo delegado de polícia dr Rodrigo da Silveira

LOCAL ONDE PAULO CESAR BATALHA ESTAVA DEITADO DE BARRIGA PARA CIMA

 

MANCHAS DE SANGUE FOI LOCALIZADO EM FRENTE A RESIDÊNCIA DE PAULO NA BEIRA RIO

 

PAULO PROVAVELMENTE FOI ATINGIDO POR UMA PEDRA QUE ESTAVA NO LOCAL

 

PEDRA COM MANCHAS DE SANGUE FOI LOCALIZADO NA BEIRA RIO

 

Foi localizado na manhã desta segunda-feira(14 de outubro de 2013)o corpo do andarilho Paulo Cesar Batalha no centro de Barra de São Francisco em um “beco” ao lado da loja Sipolatti.

Segundo informações o andarilho estava caído e foi atingido com um golpe na cabeça e a polícia militar isolou a área e a perícia já foi acionada para comparecer no local.

Melhores detalhes aqui no vozdabarra em instantes.

Por volta das 23:30 de sábado(12 de outubro de 2013)Edinei Raimundo da Silva,30 anos,foi assassinado com golpes de faca e teve a garganta cortada por um desconhecido que estava de carona e ainda levou sua moto,uma Honda CG 150 Fan,placa ODS 1233.

Assim que a polícia militar foi informada via 190 que próximo da Fiat Belle,saída para Mantena duas pessoas estavam estavam em luta corporal(a pessoa não quis se identificar)e ao chegar no local os militares sargento Joel e soldado André encontraram a vítima toda ensanguentada caída no chão agonizando.

Imediatamente os militares prestaram socorro,conduzindo a vítima até o Pronto Socorro de Barra de São Francisco,momento que receberam a informação do médico plantonista que a vítima já estava sem vida conforme narra o BAU de atendimento número 614.651.

Ficou constatado que a vítima sofreu várias perfurações,provavelmente de faca e ligações anônimas via 190 informaram que o desconhecido agressor,após atingir a vítima evadiu-se do local com a motocicleta de Edinei.

Segundo informações o agressor estava de carona.

A motivação e autoria do crime serão investigadas pelo delegado de polícia de Barra de São Francisco dr Rodrigo Silveira.

Alunos do 5º ano de Paulista que participam do Proerd estiveram presentes na manhã desta sexta-feira(11 de outubro de 2013)no 11º Batalhão e na delegacia de polícia em Barra de São Francisco e o objetivo é conhecer como funciona o 11º Batalhão e também a delegacia de polícia.

As crianças acompanhadas por sargento Elizeu e cabo Sodré foram recebidas pelo delegado dr Ricardo de Oliveira Barbosa,titular da delegacia de Mantenópolis que estava substituindo dr Rodrigo da Silveira que está de abono.

O delegado explicou nos mínimos detalhes o funcionamento na delegacia e os adolescentes prestavam atenção e tiravam dúvidas.O delegado citou a importância dos mesmo viverem longe das drogas.

Cabo Sodré lembrou que a realização do evento se deve também pela semana da criança neste mês de outubro.

A ligação Família,Escola e Polícia é fundamental para que o adolescente ou a criança possam interagir e amadurecer como cidadão de bem,tornando uma sociedade agradável e principalmente tendo o conhecimento do bem e do mal aumentando assim seu valor como ser humano.

 

 

 

 

 

 

 

A Justiça negou atender pedido feito pelo major da Polícia Militar Manoel Machado Coelho Neto, que requeria, junto ao governo do Estado do Espírito Santo, aposentadoria ex-ofício por incapacidade temporária por mais de dois anos. O major Coelho Neto já havia sido condenado recentemente pela Vara da Auditoria da Justiça Militar pela acusação da prática de crime de prevaricação. Ele está afastado da PM por problemas de saúde.

De acordo com os autos do processo número 00261976720138080024, Coelho Neto alega que é major da ativa da PM; que está em tratamento médico-psiquiátrico e afastado de suas atividades profissionais, por período indeterminado, desde 1º de julho de 2010, obtendo licença médica, com renovações sucessivas, a partir desta data; que as licenças médicas demonstram o agravamento de seu transtorno mental; que, em 27 de março deste ano, foi agregado, a contar de 14 de janeiro de 2013, com base no inciso I, alínea “c”, §1º do Art. 75 da lei 3196/78, por ter sido julgado incapaz temporariamente, após um ano contínuo de tratamento.

Alega ainda Coelho Neto que o ato que o agregou está equivocado, pois está incapaz para o serviço desde 2010 e não apenas no último ano e, por fim, que houve omissão da Polícia Militar ao não submetê-lo a inspeção de saúde, desde o ano de 2011. Por isso, em sede de antecipação dos efeitos da tutela, o oficial visou sua reforma ex-officio por incapacidade temporária por mais de dois anos, na forma do inciso II, alínea “c” do Art. 95 da Lei Estadual nº. 3.196/78.

Ao analisar todos os autos, a juíza Heloisa Cariello, da 2ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública Estadual de Vitória, entendeu que o oficial não tem direito a concessão da tutela antecipada, “uma vez que não preencheu os requisitos necessários para comprovar a verossimilhança de suas alegações”. A magistrada decidiu ainda:

“Mesmo se considerarmos que o ato de fl. 82 está equivocado, compulsando os autos, não observo qualquer prova no sentido de que o autor esteja incapaz pelo período de dois anos”.

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça começou a julgar na sessão de quarta-feira (09/10) uma Apelação Criminal interposta pela defesa do major Coelho Neto contra sentença da Vara da Auditoria da Justiça Militar, que condenou o oficial a nove meses de detenção em regime inicial aberto pela acusação de crime de prevaricação.

Na ação, de número 024100040542, o Ministério Público Estadual denunciou o major pela suposta prática de corrupção ativa e passiva. Segundo o MP, Coelho Neto teria dado proteção a uma quadrilha de estelionatários e “promovia em área sujeita à Administração Militar, no caso no interior do Quartel do Comando Geral da Corporação, conforme testificam as transcrições telefônicas que acompanham os autos, ações de quadrilha especializada na prática de estelionatos”.

No entanto, o Conselho Especial de Justiça da Vara da Auditoria da Justiça Militar entendeu que no trabalho de investigação da Diretoria de Inteligência da Polícia Militar e na denúncia do Ministério Público Militar não havia elementos suficientes que pudessem provar que o major Coelho Neto recebeu compensações financeiras para comandar a quadrilha.

Porém, haveria provas de que ele teria cometido prevaricação – crime funcional, praticado por funcionário público contra a Administração Pública; consiste em retardar, deixar de praticar ou praticar indevidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

No julgamento de quarta-feira, o relator da Apelação Criminal, desembargador substituto Ewerton Schwab Pinto Júnior, reconheceu a prescrição do crime e, por isso, deixou de julgar o mérito. O desembargador Ney Batista Coutinho pediu vista, por entender que a defesa do oficial deveria ser atendida e o mérito também deveria ser julgado.

“Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto. Digam ao povo que fico”. Assim Dom Pedro I anunciou à população que permaneceria em solo brasileiro, quando instado a retornar para Portugal. Longe de mim qualquer comparação grandiloquente (até porque isso soaria meio ridículo), mas a citação é oportuna: acabo de assinar e entregar o meu termo de desistência e renúncia relativo ao cargo de Auditor do Estado, para o qual fui nomeado há algumas semanas.”

“Havia feito o concurso pouco tempo antes de concorrer a uma vaga para o cargo de Delegado de Polícia. Não pensem que foi uma escolha fácil; entretanto, após analisar os prós e contras das duas ocupações, falou mais alto a vocação para a carreira de Delegado, bem como a vontade de atuar na defesa das crianças e adolescentes.”

“Também foram fundamentais o apoio, o reconhecimento e os sábios conselhos dos colegas Delegados com os quais conversei acerca do assunto nesse ínterim. Meus sinceros agradecimentos a todos (não irei nomeá-los para não incorrer em um eventual e imperdoável esquecimento). Não posso deixar de mencionar que as manifestações dos policiais da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) foram importantíssimas para essa escolha.”

“Enfim, a caminhada continua! Boa sorte ao colega que irá assumir a vaga de Auditor, tenho certeza que desempenhará um excelente papel. No mais, vamos continuar a combater o bom combate, a proteger e amparar as vítimas e a punir com severidade quem deve ser punido, de acordo com as reprimendas previstas em lei. Fé na missão e prá cima deles!!!”

Depoimento do delegado de Polícia Civil Érico De Almeida Mangaravite, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente do Espírito Santo.

Com um mandado de prisão em aberto por homicídio, Adriano Ferreira Reis, foragido da cidade de Macaraní, foi preso, nesta quarta-feira (9), acusado de integrar uma quadrilha de ladrões de estabelecimentos comerciais, que vinha atuando em Vitória da Conquista. Adriano estava escondido num imóvel, no bairro Patagônia, quando foi surpreendido por equipes da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Conquista). No imóvel onde Andriano foi preso, os policiais do Grupo Avançado de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras (Garcif/Conquista) e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR/Conquista), encontraram um revólver calibre 38, municiado, e três trouxinhas de maconha. A polícia está à procura dos demais integrantes do bando. Reconhecido na delegacia, por várias vítimas de assalto, Adriano, que é procurado também por homicídio pela Justiça do Espírito Santo, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e encaminhado ao Presídio Regional Nilton Gonçalves. A arma apreendida com ele deverá ser periciada no Departamento de Polícia Técnica (DPT). (Ascom-PC)

Page 77 of 122« First...102030...7576777879...90100110...Last »
   
     
 
© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.