Catadora de papelão de Barra de São Francisco tem carrinho de mão furtado e pede ajuda

Dona Izaltina Maria de Souza de 70 anos, residente no bairro Cruzeiro em Barra de São Francisco, procurou a equipe do vozdabarra para informar que sua ferramenta de trabalho(um carrinho de mão) havia sido furtado.

Dona Izaltina mesmo tendo 70 anos de idade ganha a vida com honestidade catando papelão, latinha e ferro velho nas ruas de Barra de São Francisco e ficou muito triste, pois é o único meio de juntar o material catado para vender em seguida.

Em conversa com nossa equipe de reportagem, dona Izaltina nos informou que chega a ganhar 28 reais por dia e chega a catar 150 quilos de papelão e que gosta do que faz, pois sabe que está ganhando o dinheiro com dignidade e contribuindo com a sociedade.

Dona Izaltina conta com o apoio de todos e ás vezes se sente humilhada, pois muitos jovens ficam rindo dela e esta ação deixa dona Izaltina muito triste, pois é uma pessoa humilde não tem roupas bonitas, mais com um coração muito grande e ela gostaria de ser apenas bem tratada por todos, pois muitas pessoas passam perto dela e até vira o rosto e a única coisa que ela gostaria de receber é um bom dia, boa tarde,boa noite e principalmente uma pessoa de bom coração que pudesse doar um carrinho de mão para amenizar o sofrimento da mesma.

COMPARTILHAR