Bancada Capixaba por meio do seu lider Dep. Marcus Vicente (PP) debate projetos estruturantes com a FINDES

A Bancada Federal por do seu líder Deputado Federal Marcus Vicente (PP) se reuniu, na manhã de segunda-feira (05), com o presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (FINDES), Léo de Castro, e com empresários do setor industrial, na sede da entidade, a fim de debater ações para alavancar projetos de interesses da indústria e da sociedade para o desenvolvimento sustentável capixaba.

No encontro, foi discutida a metodologia para estabelecer conexão e esforços para cada projeto, além do posicionamento da FINDES para proposições como: o Refis da micro e pequena empresa; o Gás para Crescer; a Ferrovia Vitória x Rio (EF 118); o Porto Central; a Duplicação da BR 262; a Duplicação da BR 101, dentre outros assuntos.

A Bancada agendará reuniões com representantes da ANTT; com o representante do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) do Governo Federal e com a presidente do IBAMA Suely Araújo, para tratar das pautas prioritárias para dar andamento a estes investimentos estruturantes.

“Esta sintonia da FINDES com a Bancada Capixaba é determinante alinhar as prioridades de cada projeto em prol o Espírito Santo. Nós queremos que os frutos do nosso desenvolvimento cheguem a todos os cidadãos, na forma de obras federais, ou por meio de geração de emprego e renda”, disse Marcus Vicente (Progressistas/ES), coordenador da Bancada.

Também participaram da reunião os deputados federais Lelo Coimbra (PMDB – Líder da Maioria na Câmara), Givaldo Vieira (PT), Paulo Foletto (PSB), o senador Sergio Rogério de Castro (PDT) e empresários do setor.

Posição do FINDES:

Refis da Micro e Pequena Empresa

Convergente: As micro e pequenas empresas são segmentos de vital importância para o empreendedorismo e a base empresarial do pais é constituída por elas, que são grandes empregadoras de mão de obra e preponderante fator econômico e social em todos os setores produtivos.

Gás para Crescer

Criará oportunidades para que empresas ou consórcios do ES participem da atividade de transportes de gás. Gerará emprego e renda com novos investimentos em gasodutos, silos de estocagem e outros meios de transporte. Permitirá a atração de novos investimentos em produção e incentivará o investimento em áreas portuárias pela desoneração da importação.

Ferrovia Vitória x Rio (EF 118)

Apoio à renovação antecipada da concessão da EFVM, com aplicação de recursos da contrapartida no ES, através da implantação do trecho da EF 118, evitando a destinação desses recursos a outros estados.

Porto Central

Prevê-se um investimento social mínimo de R$ 3 bilhões com geração de 4,7 mil empregos. Mais uma estrutura logística que aumentará a competitividade do Estado, trazendo crescimento econômico e social.

Duplicação BR-262 e Duplicação BR-101

A duplicação aumentará a velocidade média na estrada, reduzindo custos de frete, além de reduzir o número de acidentes.

Mais desenvolvimento e mais empregos. Com foco nesses dois objetivos, definimos com a Federação das Indústrias uma agenda de trabalho em Brasília, para acompanhar os seguintes projetos:

• Aprovação do Refis para Micro e Pequenas Empresas.
• Estímulo ao mercado de logística de gás no Espírito Santo, com a realização de obras importantes.
• Construção da ferrovia Vitória-Rio.
• Investimentos no Porto Central e no Porto de Barra do Riacho, com a geração de milhares de empregos.
• Duplicação da BR-101 e da BR-262.
• Quem planeja alcança o futuro.
• Implantação de Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs).
• Simplificação Tributária.
• Cadastro Positivo de Crédito.
• Ampliação da área da Sudene.

Deputado federal Marcus Vicente(Progressistas/ES)

#BancadaCapixaba #Findes

COMPARTILHAR